Todos Pelos Correios – 1 ano de realizações

Todos Pelos Correios – 1 ano de realizações

Há mais ou menos um ano, diversas entidades representativas dos colegas dos Correios resolveram se unir para defender a empresa pública. Primeiro, porque os Correios passam já há algum tempo por uma campanha de difamação de sua imagem que não condiz com o que a empresa representa. Segundo, porque o governo federal decidiu colocá-los no rol de estatais a serem privatizadas, sem haver argumento claro e verdadeiro para essa tomada de decisão.

 

As ações realizadas no contexto da campanha buscam a sensibilização da sociedade quanto a manter as atividades dos Correios públicas e sustentáveis. Para tanto, neste decorrer de um ano, houve inúmeros contatos com políticos de todas as linhas ideológicas, com representantes do setor de mídia e da população como um todo, na busca de apoio em defesa da estatal.

 

Cidades de todo o Brasil em defesa dos Correios

As iniciativas da campanha Todos Pelos Correios vêm obtendo resultados concretos. Se considerarmos o apoio demonstrado por vereadores em todo o País, já foram apresentadas moções de repúdio à privatização em inúmeras cidades brasileiras. Em Minas Gerais, por exemplo, neste mês passamos dos 100 municípios que disseram ‘não’ à privatização. O número representa mais de 10% das localidades do Estado. As moções são uma forma dos Poderes Legislativos das cidades, representando a população local, mostrarem que querem a continuidade dos serviços dos Correios em seus municípios. Após aprovados, os documentos são enviados ao Executivo e ao Congresso Nacional.

 

Ampliando o debate

As entidades representativas dos empregados dos Correios também participaram, no decorrer deste um ano, de encontros diversos para discutir a privatização da estatal. Diante de muitas informações falsas em circulação sobre a empresa, as instituições integrantes da campanha Todos Pelos Correios estiveram em audiências públicas em órgãos do Poder Legislativo de todas as esferas de governo. Em MG, houve eventos desse tipo na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) e nas Câmaras Municipais de Belo Horizonte, Capitólio, Cataguases, Ipatinga, Juiz de Fora, Rio Novo, Teófilo Otoni e Uberlândia. Além disso, as entidades também participaram de fóruns e seminários sobre gestão pública, defendendo que os Correios se mantenham como prestadores de serviços públicos.

 

Outra forma que vem sendo buscada pela campanha, para qualificar o debate sobre a privatização dos Correios, é o envio rotineiro de informações a veículos de mídia e a interação com eles. A ideia é repercutir os temas relacionados à privatização, com destaque para a apresentação de argumentos que mostram não fazer sentido a venda da empresa. No último ano, foram enviados cerca de 80 releases a canais de comunicação de MG (média de um por semana), com o intuito de tornar mais claras certas discussões sobre o assunto. Ainda há muita distorção na maneira como a privatização tem sido tratada pelo governo federal.

 

Destaque nas redes sociais

Os perfis de redes sociais da Todos Pelos Correios refletem a adesão já obtida pela campanha. No Facebook, são mais de 21 mil curtidas e de seguidores na página e, no Instagram, o número de seguidores é um pouco maior do que 1,8 mil. Existe também o canal no Whatsapp que faz envios praticamente todos os dias a milhares de cadastrados, que recebem conteúdos informativos da campanha.

 

Homenagem

No dia 5 de julho (domingo), a Banda Anexo 0, grupo mineiro formado por empregados dos Correios, irá realizar uma live por meio do Youtube. A transmissão acontece a partir das 16h, com apoio da ADCAP Minas, celebrando também o aniversário de 1 ano da campanha Todos Pelos Correios.

 

Quem integra a Todos Pelos Correios

  • Associação dos Profissionais dos Correios (ADCAP);
  • Associação Nacional dos Trabalhadores da ECT (ANATECT);
  • Associação dos Analistas de Correios do Brasil (AACB);
  • Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas de Correios e Telégrafos e Similares (FENTECT);
  • Federação Interestadual dos Sindicatos dos Trabalhadores e Trabalhadoras dos Correios (FINDECT);
  • Federação dos Aposentados, Aposentáveis e Pensionistas dos Correios e Telégrafos (FAACO).

 

#SomosEssenciais #TodosPelosCorreios

 

Acompanhe as publicações da campanha Todos Pelos Correios, disponíveis no site www.todospeloscorreios.com.br e nos perfis de redes sociais – FacebookInstagram e Twitter. Curta e compartilhe as informações com seus amigos, familiares e conhecidos!

Deixe uma resposta