Dicas para manter o equilíbrio das crianças no isolamento

Dicas para manter o equilíbrio das crianças no isolamento

Por conta da interrupção das aulas presenciais, as crianças estão em casa durante a maior parte do dia. No caso daquelas matriculadas em colégios privados, as aulas remotas têm acontecido de maneira regular. Entretanto, em relação aos alunos da rede de ensino pública, a realidade é bem diferente, com poucas ou nenhuma aula. Assim, mantê-las ocupadas com atividades de lazer ou de estudos é muito importante.

 

Também com a diminuição das saídas e, até mesmo, a interrupção por completo dos encontros com familiares e com os amiguinhos, ter uma rotina com alguns afazeres é importante para os pequenos. Não há problema algum no fato deles poderem ajudar em tarefas domésticas mais leves. O envolvimento das crianças nesse tipo de atividade até ajuda no desenvolvimento da autonomia delas.

 

Outra dica é incentivá-las a brincarem sozinhas. É uma forma delas também desenvolverem autonomia, além de terem o seu momento particular. Ficar sem fazer nada é outra recomendação. É preciso criar situações de inatividade absoluta. Essa é uma forma de ensinar as crianças a lidarem com o tédio inclusive. Esses hiatos de descanso são recomendados para acontecerem intercalados às diversas atividades do dia – escolares, brincadeiras ou de ajuda na casa.

 

Outra recomendação muito importante é cuidar do sono dos pequenos. Eles precisam cumprir rotinas certas de descanso, com horários definidos. No caso das crianças muito pequenas, as tradicionais sonecas durante o dia são fundamentais. Manter aparelhos eletrônicos à distância nesse momento é o recomendado. No caso das crianças maiores, é indicado que deixem de usar celulares ou tablets, por pelo menos uma hora antes de se deitarem.

Deixe uma resposta